Pular para conteúdo
Top 5 Aerospace Trends to Watch - Banner

Top 5 das tendências Aeroespaciais a não perder


Com o avanço rápido da tecnologia de software, e os componentes da fuselagem a ficarem cada vez mais sofisticados, o sector aeronáutico está em constante mudança. A forma como as companhias decidem lidar com essas mudanças – em conjunto com as que virão – vai dar forma á indústria aeronáutica no futuro.

Enquanto que a apresentação de uma nova aeronave é sempre o evento mais publicitado neste sector, muito mais acontece nos bastidores. Tão importante quanto novo equipamento e como a aeronave comunica com outros sistemas, como recolhe dados e como viaja no espaço. O atual clima económico também é um fator importante – influenciando como as companhias decidem investir os lucros e como eles se prepararam para o sucesso no futuro.

Nós criamos uma lista com as top 5 tendências aeronáuticas a não perder.



1. O avanço da tecnologia de software

A tecnologia de software está constantemente a ser levada para outros níveis. Mais do que nunca, o software é responsável por uma crescente percentagem do trabalho feito a bordo de uma aeronave. Um dos trabalhos mais importantes que depende muito do software é manter a segurança durante a aterrissagem. O processo de aterrissagem usado correntemente por companhias aéreas comerciais é o processo stair-step (degrau), onde o avião faz check in com a torre de controle a cada passo para manter a segurança. Agora, avanços estão sendo feitos para monitorizar a posição exata da aeronave por toda a aterrissagem. Eventualmente, as aterrissagens suaves irão ajudar a reduzir o tempo de voo em 2 minutos e poupar perto de 100 galões de combustível por voo, o que significa grande poupança para as companhias aéreas.



2. Preços baixos do óleo dão a possibilidade de escolha entre substituição de equipamento ou levar um avanço.

O preço do óleo manteve-se consistentemente mais baixo que a média desde 2014. Previsivelmente, estes preços baixos do óleo levaram a um crescimento dos lucros para as companhias. A desvantagem desta tendência, tanto para o ambiente como para o futuro de muitas companhias, é que as companhias aéreas tem menos ímpeto para substituir aeronaves existentes com modelos novos, e mais eficientes com o combustível. As companhias aéreas que escolhem investir em novas aeronaves vão ter um avanço assim que o preço do combustível inevitavelmente subir, enquanto que outros vão ver uma descida nos lucros enquanto esperam para alcançar a sua competição.



3. Aeronaves recém-desenvolvidas estão cada vez mais leves.

Companhias aéreas que estão escolhendo atualizar para uma aeronave mais eficiente com o combustível e mais leve, tem as melhores escolhas de sempre. Os modelos mais recentes, incluindo o Boeing 787 e o Airbus A350, são construídos usando um novo e ultraleve material complexo, permitindo que sejam 20% mais eficientes com o combustível do que a aeronave concorrente. Para além de poupar dinheiro das companhias aéreas, os novos aviões são capazes de voar em altitudes mais elevadas, o que significa menos turbulência para os passageiros. Outras características que se focam no conforto do passageiro incluem o aumento da pressão do ar na cabine e a umidificação do ar para criar um melhor ambiente na cabine.



4. Novos competidores a emergir na Ásia.

Devido a preços mais competitivos, muitos fabricantes de aeronaves e fornecedores estão se mudando para a Ásia. Além disso, muitas das maiores companhias aéreas eliminaram as instalações internas de manutenção e reparo e de revisão e as transferiram para Singapura, China e Índia. Os fabricantes de equipamento deviam considerar seriamente em investir nestes centros para poder se manter atualizado.



5. Infraestruturas envelhecidas estão a afetar o potencial de crescimento da indústria

A procura de voos está a aumentar nos mercados emergentes, incluindo a China e a Índia. Mas se a indústria quer entrar no novo tráfego aéreo, é necessário actualizar a infraestrutura. Aeroportos por todo o mundo e todo o equipamento usado estão muito desatualizados. Os Governos têm de tomar medidas em relação á falta de espaço aéreo disponível, e também a tecnologia nos aeroportos, a fim de acomodar o crescimento do sector.

Enquanto a indústria aeronáutica está constantemente em mudanças, resta um facto: fretar um jato particular é a maneira mais eficiente de voar.

MAIS ARTIGOS
  • GERENTES DE CONTA EXCLUSIVOS
  • SEM COMPROMISSO
  • 25 ANOS DE EXPERIÊNCIA
  • DISPONÍVEL 24 HORAS POR DIA, 7 DIAS POR SEMANA